Qual valor que um gestor de tráfego pago cobra?

O mercado de marketing digital tem uma barreira de entrada muito baixa, ou seja, qualquer um com acesso a internet e com vontade aprender consegue adquirir conhecimentos suficientes para aprender uma nova habilidade. Contudo quase sempre surge a duvida de quanto cobrar por esse serviço e até mesmo quanto é justo pagar pela gestão de tráfego, ficando a duvida sobre o valor que um gestor de tráfego pago cobra?

Se não fosse o jeito brasileiro muitas coisas poderiam ser diferentes, mas existem muitas coisas que interferem na relação cliente/gestor.

Uma delas são as agencias de marketing que contratam gestores de tráfego em regime de pessoa jurídica ( PJ ) mas acabam exigindo um relacionamento de regime CLT. O que prejudica o cliente que contrata a agencia com resultados abaixo do esperado, porém, essa dissertação é para outro momento.

Mas, para facilitar o entendimento entre as partes vou deixar embaixo uma tabela de valores onde costumam usar como referencia.

  • Gestor de tráfego iniciante: Entre R$300 a R$1500 reais mensais
  • Gestor de tráfego intermédio: Entre R$2100 a R$5000 mil reais mensais
  • Gestor de tráfego profissional: Entre R$5.000 e R$20.000 reais mensais
  • Gestor de tráfego referência: + de R$20.000

Porém é necessário observar a realidade de cada cliente e do seu nicho de mercado, porque tem nichos que a margem de lucro é maior que outros. E com isso ambos podem entrar em acordo de valores que considerem justos para ambos.

O setor mais gratificante para um gestor de tráfego pago é trabalhar com infoprodutor que poderá ter remuneração atrelada a % das vendas.

Mas, para precificar o serviço é necessário responder algumas perguntas:

  • Quantas horas de trabalho serão necessárias para atender o cliente?
  • Quantas reuniões serão necessárias?
  • Quais relatórios serão necessários?
  • Qual valor de tráfego pago será usado?
  • Qual a margem de lucro do nicho?

Depois de ter essas resposta, se pergunte se o valor combinado é justo para cliente e gestor.

Lembrando que você é livre para procurar o cliente/gestor que melhor caiba no seu bolso, mas lembre-se que muitas das vezes, o barato sai caro.